MTEC Energia

Atividade física na infância: o que os pais precisam saber

Crédito: Envato


A prática regular de atividades físicas desempenha um papel essencial no crescimento desenvolvimento saudável das crianças. É cientificamente comprovado que a atividade física tem impacto positivo na absorção de cálcio da estrutura óssea, fortalecendo-a e promovendo um crescimento ósseo saudável. Além disso, contribui para garantir uma condição favorável desse tecido na fase adulta. Também, os exercícios influenciam no sistema muscular e endócrino, contribuindo para melhorar o sono, controlar o gasto energético e promover um crescimento adequado, aspectos essenciais na vida das crianças.

Segundo o coordenador do curso de Educação Física da Universidade Positivo e responsável técnico da academia UPX Sports, Zair Cândido de Oliveira Netto, os pais precisam motivar as crianças a praticar exercícios. “É importante que a criança esteja motivada e feliz com a atividade, e isso está relacionado ao incentivo dos pais, bem como dos profissionais que lideram essas atividades. Quando a criança está motivada e envolvida, seu bem-estar melhora significativamente com a prática das atividades”, explica.

Quanto à idade das crianças, como determinar quais exercícios são mais adequados e a partir de quantos anos? Oliveira Netto explica que o tipo de atividade física mais recomendada para crianças pode variar de acordo com a faixa etária. “Para os mais jovens, em idade pré-escolar, atividades lúdicas que envolvem movimento, como brincadeiras ao ar livre, pular corda e jogos recreativos, são excelentes opções,” exemplifica. 

Crianças com idades entre 7 a 13 anos aproximadamente, que já estão em um estágio mais avançado de desenvolvimento, incluindo os pré púberes, podem participar de diversas atividades, é a fase do conhecimento esportivo. “Nessa fase, atividades como andar de bicicleta, brincadeiras de esconde-esconde, pega-pega e iniciação em esportes individuais e coletivos com bola são as melhores opções,” explica. Já na adolescência entre 14 e 19 anos, recomenda-se a prática de esportes e exercícios com uma maior frequência semanal. “Adolescentes podem fazer musculação moderadamente até três vezes por semana, desde que estejam sob a supervisão de um educador físico”, orienta.

Para os adultos que desejam que seus filhos pratiquem atividades físicas e melhorem o bem-estar, Oliveira Netto deixa uma dica: “ter hábitos saudáveis é essencial, e gostar de praticar atividades físicas ou esportes cria um espelho positivo para seus filhos,” finaliza. 

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Sesc
Canaã Telecom