O administrador ouviu ontem (18/05) os anseios da população de Águas Claras na pracinha 25 norte


Por Rebeca Rabêlo


A reunião teve a presença de moradores e síndicos que apresentaram os problemas da região, dentre eles o uso indevido de área pública, os constantes acidentes de trânsito e a falta de policiamento nas ruas. "Enquanto eu estiver de passagem aqui, a nossa gestão vai ser da forma que eu condicionei para essa equipe, ou seja, meu gabinete é na rua", afirmou André.

A principal reclamação foi sobre um quiosque localizado na praça pública, segundo os moradores, apesar de já ter sido determinado o fechamento por ordem judicial, o comércio continua funcionando com músicas altas e até mesmo com um pula-pula. Os moradores afirmam que “entra ano e sai ano, nada muda.”

Apesar do quiosque ter uma autorização de uso, essa já foi suspensa a mais de um ano. “Esse quiosque não traz para comunidade nenhum benefício, somente traz atraso na conclusão da obra da praça, poluição sonora, invasão de área pública.” Os moradores da quadra afirmam que durante o final de semana é muito pior “eles usam a quadra inteira para colocar mesas, os frequentadores do bar utilizam todo estacionamento.”

O administrador afirma que já sabe da situação e que reiterou a cassação e está dependendo do DF Legal para fazer a autuação do estabelecimento.





Foto: Rebeca Rabêlo

Trânsito



Também foi colocado em pauta a questão acerca do perigo de acidentes no cruzamento entre as ruas 25 e 26 norte. No último sábado (15/05) houve um acidente grave entre dois carros no local, os moradores reclamam da falta de sinalização. Noberto, que é gerente de obras da administração, foi ao local na segunda-feira (17/05) com o Detran, que fez um relatório para avaliar e agir o mais rápido possível no local. Ainda de acordo com Noberto “será instalado dois quebra-molas nas vias para diminuir a velocidade dos motoristas. Os moradores também pediram pela possibilidade de uma faixa já que a rua dá acesso direto à entrada do parque.



Segurança



Os moradores reclamaram também sobre a falta de policiamento nas ruas e a concentração de pessoas usando drogas e brigando na praça durante a madrugada. Quem tomou a frente desse assunto foi Otto, que é presidente do conselho de segurança da cidade. Otto pediu para que quando a população flagrar alguma situação desse tipo, entre em contato com o Batalhão de polícia da região pelo telefone: (61) 3190-1704.






Foto: Rebeca Rabêlo.

Fonte: https://www.revistaaguasclaras.com.br/cidade/5614-administrador-de-aguas-claras-andre-queiroz-se-reuniucom-moradores-e-sindicos-na-ultima-terca-feira