Potros gêmeos reforçam cavalaria da Polícia do DF


A população é quem vai escolher o nome dos filhotes de Monalisa. A PMDF deve organizar em breve um concurso com essa finalidade | Joel Rodrigues | Agência Brasília

A cavalaria da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) ganhou reforço esta semana: um casal de potros nasceu nessa terça-feira (27). A égua, Monalisa, da raça Brasileiro de Hipismo, tem 10 anos, e deu à luz os gêmeos cerca de 15 dias antes da data prevista. Mãe e filhotes passam bem e estão sob os cuidados de veterinários no Regimento de Polícia Montada (RPMon), localizado no Riacho Fundo.

O capitão veterinário Carlos Saquetti explica que Monalisa e as crias estão em uma área isolada. “A gestação de gêmeos costuma ser mais difícil, colocando em risco até a vida da mãe”, comenta. “Está tudo dentro da normalidade, mas é preciso ter um cuidado maior nos três primeiros dias. No início tínhamos que ajudar a levantar e amamentar, mas agora eles estão mais independentes”, informa.

O caso do casal de irmãos é raro na corporação, pois não há mais procriação de cavalos no batalhão. Os animais comprados são castrados. “Porém, uma égua que adquirimos já há algum tempo veio grávida e não sabíamos. “O filhote dela cresceu e engravidou a Monalisa, que gerou os potros”, lembra o subcomandante da cavalaria PMDF, Major Heberton Sousa.

Daqui a um mês, a família poderá se mudar para a baia, onde geralmente os animais ficam recolhidos. “O treinamento para integrar a cavalaria começa cedo. A partir do parto já domamos para que o animais saibam se defender, mas a montagem começa a partir dos três anos”, exemplifica o Major Heberton Sousa.

Nomes 
Assim como o caso dos cães da raça Labrador Retriever Bolt e Atena, integrantes mais recentes do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), a população é quem vai escolher o nome dos filhotes de Monalisa. A PMDF deve organizar em breve um concurso com essa finalidade. Em agosto deste ano, cinco mil pessoas votaram nos nomes dos cães pelas redes sociais da corporação.

Em janeiro, os moradores da capital também escolheram o nome do filhote da raça Pastor Belga de Malinois do Batalhão de Policiamento com Cães da PMDF (BPCães). Com 51% dos votos, Stive foi o nome escolhido.

Fonte: Governo DF

Felipe Viana

Felipe Viana