PT, PSOL, PSL e Novo se unem contra projeto de privatizações de Doria


source
doria
Reprodução/Twitter

Governador de São Paulo, João Doria na Alesp


Deputados estaduais de esquerda e direita se uniram na última noite na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) para barrar o  projeto de lei (PL) 529 de autoria do governador João Doria (PSDB), que prevê a privatização, de uma única vez, de 10 estatais. Dentre as empresas na mira do projeto está a CDHU, responsável pela construção de moradias populares e urbanização de favelas.


O debate está acalorado na Alesp e se estende desde segunda-feira (28), com bate-bocas, manifestações e pedidos de ordem. Na noite de ontem (29),a votação do projeto foi novamente adiada após derrota da base do governo. Partidos de esquerda e direita como  PT, PSOL, PSL, Novo e Patriotas se uniram pelo adiamento da votação e comemoraram o feito.

O projeto foi apresentado em agosto alegando a necessidade de minimizar o rombo nas contas do estado de São Paulo. A esquerda argumenta que Doria vai prejudicar a população mais vulnerável com os cortes, enquanto a direita atribui o rombo na economia ao governo Doria em meio à pandemia de Covid-19.

Deputados dos dois lados trocaram elogios, como a deputada Leci Brandão (PCdoB), que foi aplaudida por deputados bolsonarista e respondeu com elogios à deputada Janaina Pascoal (PSL).


Felipe Viana

Felipe Viana