Eleições 2020: Mais de 200 candidatos pegam carona com nomes de Lula e Bolsonaro


source
Dedo apertando a tecla confirma na urna eletrônica
Nelson Jr./ ASICS/ TSE

Candidatos estão apostando em nomes conhecidos para ganhar popularidade

Mais de 200 pedidos de candidaturas feitos à Justiça Eleitoral até esta terça-feira (29) usavam figuras tradicionais da política em seus nomes de urna para atraiar votos de eleitores nas eleições municipais de 2020. Entre os nomes com mais uso como escada estão o do ex-presidente Lula (PT) e o do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

No caso do ex-presidente, por exemplo, foram 118 os candidatos que quiseram pegar carona no nome do petista. Entre os nomes que apareceram estão Lula Federal, Lula de Araraquara, Lula Brasil, Lula JK, Lula do Lixo e Jane da Vigilia Lula Livre.

Já para Bolsonaro o número foi um pouco menor, de 103. Candidatos a vereadores e a prefeito têm aparecido nomes de urna registrados como João Bolsonaro, Neto Bolsonaro, Gil do Bolsonaro, Adão Bolsonaro, Gargamelbolsonaro e Decinho Bolsonaro do Barreiro.

O presidente, no entanto, tem duas pessoas que realmente têm o mesmo sobrenome que ele e estão disputando um cargo público este ano. São Carlos Bolsonaro, que é filho dele, e Rogéria Bolsonaro, que é ex-mulher do presidente. Ambos estão pleiteando uma vaga na Câmara Municipal do Rio de Janeiro pelo Republicanos.

Sobrou até para o presidente do Estados Unidos, Donald Trump, ter o seu nome usado. O republicano teve seu nome usado em três ocasiões.

A primeira é com um candidato a vereador de Brusque, em Santa Catarina, que se autodenomina Donald Trump Bolsonaro. Ele concorre pelo PSL e seu nome real é João Sá Teles Santana.

Outro deles é Ronaldo de Oliveira, do Patriota, candidato a vereador de Ribeirão Preto (SP). Seu nome de campanha é Ronald Trump.

Felipe Viana

Felipe Viana