MP Eleitoral ordena que PF investigue  Arthur do Val por vídeo na Cracolândia


source
val
Divulgação/Assembleia Legislativa de São Paulo

Deputado estadual Arthur do Val (Patriota)


O Ministério Público Eleitoral em São Paulo solicitou a abertura de inquérito policial à Polícia Federal (PF) para investigar os vídeos gravados pelos candidatos Arthur do Val, o Mamãe Falei, que concorre à Prefeitua , e o Comandante Braga, que concorre a uma vaga de vereador, ambos do Patriota. Os candidatos gravaram vídeos na região da Cracolândia durante ações realizadas pela Guarda Civil Metropolitana.


O pedido de abertura do inquérito foi feito pelo promotor de Justiça Fábio Bechara, da 1ª zona eleitoral, que já havia aberto uma investigação do ofício no órgão eleitoral para apurar o caso. Segundo reportagem produzida pelo portal UOL , o crime a ser investigado é o de injúria .

Os candidatos do Patriota publicaram dois vídeos, nos dias 4 e 16 de setembro, gravados na Cracolândia. Eles defendem que a prefeitura não deve realizar ações de assistência social com os usuários, pois, segundo eles, estimula o tráfico de drogas na região. 

No segundo vídeo, o candidato a prefeito critica o trabalho da prefeitura e acusa o padre Júlio Lancelotti de ” fomentar o tráfico ” com o seu trabalho desenvolvido pela pastoral de rua, que presta assistência a todos os tipos de pessoas em situação de rua. O pedido de abertura de inquérito seria referente às acusações do candidato contra o padre, Do Val precisaria provar a ligação do católico com o crime organizado para não ser enquadrado no crime de injúria, previsto na lei eleitoral.

Felipe Viana

Felipe Viana