STJ adia julgamento de recurso de Flávio Bolsonaro sobre caso das ‘rachadinhas’


source
flávio
Beto Barata/Agência Senado

Senador Flávio Bolsonaro tem julgamento de recurso adiado

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Felix Fischer, retirou da pauta de julgamentos desta terça-feira (15) o recurso da defesa de  Flávio Bolsonaro que pede para paralisar as investigações sobre o suposto esquema de “rachadinhas” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Com o adiamento, o julgamento da defesa do senador não tem data para ser retomado. Esta não é a primeira vez que o recurso é negado pelo ministro Felix Fischer. As outras vezes foram em abril e outra em maio.

Investigação

Flávio Bolsonaro é investigado por suspeita de peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Segundo o MP do Rio, Flávio foi chefe de uma organização que atuou em seu gabinete no período em que foi deputado estadual, de 2003 a 2018. O esquema desviava salários de servidores de seu gabinete para uso pessoal, esquema conhecido como “rachadinhas”. 

A estimativa é que cerca de R$ 2,3 milhões tenham sido movimentados durante o esquema, que envolveu o amigo da família Bolsonaro, Fabrício Queiroz.

Felipe Viana

Felipe Viana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *