Gilberto Barros diz que agrediria casal gay se beijando e é denunciado


source

O apresentador Gilberto Barro foi denunciado no Ministério Público após fazer declarações consideradas homofóbicas em uma entrevista com Sonia Abrão no seu programa do YouTube “Amigos do Leão”. O papo foi ao ar no último dia 9 de setembro, mas só ganhou repercussão agora, após o jornalista e ativista dos diretos humanos William De Lucca postar no Twitter que fez uma denúncia.

Gilberto Barros
Reprodução/Youtube

Gilberto Barros faz declarações polêmicas e é denunciado por homofobia

Relembrando quando chegou a São Paulo e começou a trabalhar na Rádio Globo, em 1984, Gilberto Barros disse: “Eu tinha que acordar 2h30 [da manhã] e ainda presenciar, onde eu guardava o carro na garagem, beijo de língua de dois bigodes [homens] porque tinha uma boate gay aqui na frente”.


Ele ainda acrescentou: “Não tenho nada contra, mas eu também vomito, sou gente. Naquela época ainda, chegando do interior. Hoje em dia, se quiser fazer na minha frente faz, apanha os dois, mas faz”. Dando uma risada sem graça, Sonia Abrão apenas falou: “Meu Deus”.

William De Lucca postou o vídeo em que o apresentador faz essas declarações e escreveu na legenda: “Esta é a fala de Gilberto Barros que me motivou a denunciá-lo ao Ministério Público e também pela lei 10.948/01 por crime de homofobia. Não é admissível que um comunicador use um espaço para incentivar a agressão contra homossexuais. É crime e ele responderá por isso!”.


Fonte: IG GENTE

Felipe Viana

Felipe Viana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *