Crianças e idosos eram usados para lavar dinheiro do PCC, diz investigação


source
dinheiro
Polícia Federal

Prisão de idosos ocorreu no mês de agosto em operação da PF

Primeiro Comando da Capital (PCC) utilizava contas bancárias de crianças menores de 12 anos e de idosos acima de 60 anos para lavar dinheiro de membros presos da facção. A informação, levantada pela força-tarefa que realizou prisões nesta segunda-feira (14), foi divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo.

Segundo o jornal, uma mulher de 82 anos chegou a ser presa no fim de agosto por receber na própria conta dinheiro que teria o bisneto, membro da facção, como destino. Ela teria sido levada à delegacia em Minas Gerais e passado o dia no local até ter a prisão convertida em domiciliar por causa do estado de saúde.

Pelo menos 20 contas em nome de crianças e idosos foram detectadas pela PF. Os depósitos feitos nas contas variavam entre R$ 1 mil e R$ 4 mil mensais. Além de ajudar os integrantes presos, o dinheiro também tinha como destino a compra de alimentos para familiares deles.

Os idosos envolvidos no crime tiveram prisões decretadas e os responsáveis legais pelas crianças também. A pessoa mais velha envolvida nas transações financeiras era uma mulher de 89 anos, que morreu antes das prisões.

Felipe Viana

Felipe Viana