MPF apresenta denúncia contra Wilson Witzel por organização criminosa


source
witzel
Carlos Magno / GERJ

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, sofreu nova denúncia nesta segunda-feira

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu, nesta segunda-feira (14), uma nova denúncia contra o governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, por organização criminosa. A nova denúncia foi feita ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Segundo a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo, que assina a denúncia, o grupo de Witzel atuou da mesma maneira que os grupos dos últimos dois ex-governadores do estado, que também sofreram acusações de corrupção.

A PGR detalhou a nova denúncia e classificou o esquema de desvios em categorias, na estruturação e divisão de tarefas em quatro núcleos básicos: econômico, administrativo, financeiro-operacional e político.

A subprocuradora Lindôra quer, além da condenação pelo crime de organização criminosa, a decretação da perda dos cargos públicos, em especial em relação a Wilson Witzel, e que os denunciados sejam condenados ao pagamento de uma indenização mínima no valor de R$ 100 milhões.

Outros denunciados

Além de Wilson Witzel e sua esposa, Helena Witzel, foram denunciados também o ex-secretário do governador Lucas Tristão, o presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo,  além de outros membros do suposto esquema envolvendo o esquema de corrupção do governador.

Felipe Viana

Felipe Viana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *