GDF remove barracos irregulares em Taguatinga e Sobradinho


.

Equipes da Secretaria DF Legal estão novamente nas ruas do Distrito Federal, nesta segunda-feira (14), com a Operação Pronto Emprego, visando evitar a proliferação de ocupações e construções irregulares. Pelo menos 11 ocupações foram removidas em Sobradinho II e materiais de construção foram recolhidos em Taguatinga.

Foto: Divulgação

Monitorado há pelo menos duas semanas, a área pública localizada na AR 18 de Sobradinho II com aproximadamente 1.400m², foi desobstruída, na manhã desta segunda-feira. Pelo menos 11 construções em madeira estavam em fase de construção, mas sem habitantes.

Segundo as denúncias enviadas à DF Legal, muitos dos “donos das habitações” moram ali pela região e estariam aproveitando o período de pandemia para realizar especulação imobiliária em área pública. Apesar do número elevado de habitações, nenhuma tinha moradores.

A Secretaria DF Legal tem reforçado que, durante o período de vigência das medidas de combate à Covid-19, não está realizando a remoção de edificações habitadas. Entretanto, conforme dispositivos editados pelo GDF, todas aquelas que foram erguidas durante o período de pandemia serão removidas assim que as medidas deixarem de ter validade.

Construção irregular
Auditores da DF Legal recolheram materiais de uma construção irregular, na QSE 4 de Taguatinga. O dono do lote estava erguendo um prédio com cinco andares, onde é permitida apenas moradias unifamiliares.

O projeto previa a ocupação de 100% do lote, onde só podem ser ocupados 80%. A obra já havia sido embargada e mesmo assim o dono do lote tentou continuar a construção que estava no segundo pavimento.

Foram recolhidas escoras, betoneiras, cimento, areia, andaimes, entre outros materiais. A intenção foi impedir a continuidade das irregularidades.

* Com informações da Secretaria DF Legal

Fonte: Governo DF

Felipe Viana

Felipe Viana