Fachin diz a Fux que Lava Jato é pautada na “legalidade constitucional”


source
Fachin
Reprodução

Fachin destacou a importância da Lava Jato.

O ministro Edson Fachin , relator dos processos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), disse que a operação é pautada pela “legalidade constitucional” e que ela combate a “garantia da impunidade” que existe no Brasil. A afirmação foi feita em um relatório enviado pelo ministro ao novo presidente do STF, o ministro Luiz Fux.

Segundo Fachin, o Brasil cobra melhorias nos serviços públicos e uma maior eficiência das instituições estatais e do Judiciário. Para o ministro, o combate à corrupção e à lavagem de dinheiro são frutos dessas demandas da população.

“Penso que é exatamente como um esforço de aprimoramento da jurisdição, um esforço por maior eficiência, que deva ser visto o trabalho de diversas instituições no combate à corrupção e à lavagem de dinheiro. Tais esforços são, antes de tudo, frutos de uma histórica demanda por mais eficiência na justiça e por maior qualidade na prestação de serviços públicos”, afirmou o ministro.

A fala de Fachin vem em um momento no qual a Lava Jato passa por mudanças. Além da saída de Deltan Dallagnol, a operação vem sendo remodelada. O procurador-geral da República, Augusto Aras, defende que o fim do punitivismo nas ações da Lava Jato.

Durante seu discurso de posse como presidente do STF, Fux defendeu os avanços no combate a corrupção e citou a Lava Jato. “Não admitiremos qualquer recuo no enfrentamento da criminalidade organizada, da lavagem de dinheiro e da corrupção”, afirmou o agora presidente da Corte.

Felipe Viana

Felipe Viana