Saúde promove atividades voltadas para o Setembro Amarelo


.
| Foto: Divulgação

Setembro é lembrado como o mês de prevenção ao suicídio e o dia 10 é marcado como o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. Pensando nisso, a Região de Saúde Centro-Sul organizou várias atividades no Instituto de Saúde Mental (ISM). Dentre elas, estava a liberação de balões amarelos, para simbolizar a liberdade e a leveza da vida, que ocorreu no último dia 9.

“A abertura do Setembro Amarelo com o ‘Balonaço’ é uma tradição na Região de Saúde Centro-Sul, normalmente se faz dias 9 ou 10 de setembro, em alusão ao Dia D de prevenção ao suicídio e faz referência à importância dos cuidados à saúde mental. Devido à pandemia da Covid-19 as atividades de grupos presenciais (oficinas) foram suspensas e os atendimentos têm sido realizados de forma virtual”, explica a superintendente da Região de Saúde Centro-Sul, Flávia Oliveira Costa.

Foram retomadas, adotando as medidas de segurança quanto à transmissão da Covid-19 as atividades de Tai Chi Chuan e de dança ao ar livre. Os pacientes mantiveram distanciamento seguro, utilizaram máscaras, além de álcool em gel disponível e o contínuo incentivo pelos colaboradores do evento.

“Distribuímos kits de lanches individuais no formato de “lanche box”. Alguns pacientes se emocionaram com o retorno das atividades, que apesar de terem um novo formato com menor duração, realizadas ao ar livre e com no máximo cinco pessoas, são de suma importância para o tratamento de pessoas com necessidade de apoio psicoterapêutico”, afirma Flávia.

Na atenção primária, foram realizadas oficinas de treinamentos para todas as salas de acolhimento das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para acolher pacientes que precisam de apoio quanto à saúde mental. O treinamento faz parte do projeto Wanda Horta. Foram confeccionados e entregues folders informativos. Até o final de setembro estão programadas diversas atividades na região.

Trabalho contínuo

De acordo com Elaine Bida, diretora dos Serviços de Saúde Mental (Dissam) os atendimentos seguem durante o ano inteiro com os serviços especializados de qualidade, individualizado, adequados a todos que procuram a rede nos diversos níveis de atenção (primária, secundária e hospitalar), através de um direcionamento técnico e ético com normas, notas e orientações em geral.

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Fonte: Governo DF

Felipe Viana

Felipe Viana