Baile funk com suspeita de ação do PCC acaba em tiros e pauladas em São Paulo


source
funk
Baile do 17 / Facebook / Arquivo

Ilustração: jovens foram mortos após tumulto em baile funk de Paraisópolis


Um baile funk realizado na rua Rolando Curti, na Vila Clara, zona sul de São Paulo terminou com tiros , carros depredados e brigas envolvendo golpes de madeira, no último sábado (5). Moradores da região acreditam que a ação violenta teria sido uma resposta dos traficantes da região, pois haviam proibido a realização de bailes.


Vídeos captados mostram uma grande aglomeração de jovens, em sua maioria sem máscara, que ao final do evento foram agredidos por grandes pedaços de madeira, enquanto carros eram destruídos .

Moradores da região dizem que a ordem de interrupção dos bailes funk foi dada pelo PCC (Primeiro Comando da Capital) para evitaar que a polícia chegue na comunidade para conter as aglomerações e, assim, atrapalhe o tráfico de drogas. Além disso, o baile é realizado em frente à uma AMA (Assistência Média Ambulatorial) e atrapalha o atendimento dos pacientes. 

As informações são do UOL .

Felipe Viana

Felipe Viana