PF combate migração ilegal em Minas Gerais


.

Governador Valadares/MG – A Polícia Federal atuou nesta quarta-feira (9/9) para combater crime de migração ilegal e promoção de migração ilegal de criança e adolescente.

As investigações, iniciadas há seis meses, identificaram um grupo de pessoas que supostamente utilizava uma agência de turismo situada em Governador Valadares para falsificar comprovantes de declarações de imposto de renda e outros documentos de clientes. Tal documentação serviria para facilitação na obtenção de visto americano de turismo.

De maneira conexa, há elementos que indicam que os investigados atuavam na promoção e auxílio de envio de criança ou adolescente para o exterior, com inobservância das formalidades legais ou com o fito de obter lucro.

A Polícia Federal representou por três mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela Justiça Federal em Governador Valadares, sendo dois cumpridos naquela cidade e um em Piracanjuba. Durante as buscas, foram apreendidos aparelhos de telefone celular, computadores, um veículo novo e inúmeros documentos, que serão periciados.

Os investigados responderão pelos crimes de migração ilegal e promoção de migração ilegal de criança e adolescente, cujas penas máximas somadas podem chegar a 11 anos de prisão.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando para a manutenção da lei e da ordem, preservando o Estado Democrático de Direito.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Governador Valadares

dpf.cm.gvs.srmg@dpf.gov.br| www.pf.gov.br

Fone: (33) 3212-9100

Felipe Viana

Felipe Viana