Vaquinha arrecada dinheiro para ajudar animais vítimas de incêndio no Pantanal


source
pantanal
Divulgação/PrevFogo MS

Incêndios no Pantanal registram o pior mês de julho da história.

campanha para ajudar os animais silvestres do grande incêndio que consome parte do  pantanal já arrecadou mais de R$ 175 mil. A região sofre há cerca de dois meses com os incêndios que, segundo perícias feitas pelo Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Ciman-MT), foi de ação humana.

O incêndio já consumiu 820 mil hectares e o cenário que hoje se apresenta é o pior registrado nos últimos 22 anos. De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), no comparativo entre os meses de agosto de 2019 e 2020, o aumento no número de focos de incêndio aumentou em mais de 1800% na região.

As queimadas já dizimaram mais de 10% do bioma da área, incluindo 32% da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Sesc Pantanal, a maior do país. Diversos animais nativos da região já foram encontrados carbonizados pelo fogo, já que a área atingida é cada vez maior.

Sobre a campanha

“Na tentativa de minimizar o sofrimento dos animais resgatados por grupos que estão atuando incansavelmente na região, uma força tarefa coordenada pelo Comitê do Fogo (órgão colegiado que reúne diversas instituições de governo, terceiro setor e iniciativa privada) construiu um Posto de Atendimento Emergencial a Animais Silvestres – PAEAS Pantanal”, diz a página em que as doações podem ser feitas. 

O objetivo do grupo é arrecadar dinheiro para financiar ações que visam ajudar a cuidar dos animais que perderam seu habitat pelo fogo. Até o moment da publicação desta reportagem, a vaquinha virtual já arrecadou mais de R$ 175 mil. O objetivo final é arrecadar R$ 300 mil.

Para doar:  Clique aqui

site
Reprodução

site pantanal


Felipe Viana

Felipe Viana