Padre xinga mulher de “égua sem vergonha” e áudio viraliza; ouça


source
Pastor pediu perdão depois que áudio viralizou.
Pixabay/Myriam Zilles

Pastor pediu perdão depois que áudio viralizou.

Na quarta-feira (2), após ter áudio vazado, um padre da cidade de Jaíba, em Minas Gerais, pediu desculpas por xingar e ofender uma mulher que seria candidata a vice-prefeita. As informações são do jornal Estado de Minas .

O áudio em questão é de março, porém viralizou recentemente em grupos de WhatsApp e nas redes sociais. Nele, o padre Waldecir Pereira de Souza pede que “Correinha” fale com “essa mulherzinha – que disse que é sua vice, para retirar essa foto, de imediato da internet”.

“Por favor, te dou cinco minutos para essa égua  sem vergonha tirar essa foto da internet. Falei com ela muito bem lá no retiro: tu não publica essa foto”, prossegue o padre. “Não tenho o telefone dela aqui não, senão eu tava matando essa desgraçada era agora”.

A foto divulgada seria uma em que o padre aparece levantando o braço da mulher. “Não gostei dessa atitude dessa mulherzinha, que diz que é sua vice. Por favor, de imediato, tira essa foto antes de eu fazer uma desgraceira nessa cidade. Que putaria é essa! Que raparigagem é essa! Mulher sem vergonha é essa”.

Em nota oficial, o padre pediu desculpas: “diante de nossos fiéis da Igreja Católica e de toda população jaibense, venho humildemente, pedir a todos vocês perdão pelo episódio ocorrido no mês de março de 2020”.

“O que foi dito, naquela circunstância em que me senti acuado foi mais uma expressão de indignação com a situaçao do que com a pessoa, mas reconheço que a forma utilizada para tentar resolver a situação não foi a melhor. Foi equivocada. Peço, portanto, perdão a todos e conto com a generosidade dos envolvidos. Pois na condução da minha vida e dos trabalhos à frente à paróquia em Jaíba , sempre busquei e me pautei pela verdade, pela honestidade e pelo acolhimento”, diz o comunicado.

Felipe Viana

Felipe Viana