Polícia confirma que corpo carbonizado é de líder comunitária desaparecida


source
vera
Reprodução

Corpo carbonizado encontrado em carro é de líder comunitária desaparecida na Zona Sul de SP

O corpo carbonizado que foi  encontrado em um carro abandonado na zona sul de São Paulo, no dia 20 de julho, é da líder comunitária Vera Lúcia Santos, que estava desaparecida desde o dia 16 de julho. A confirmação veio nesta quinta-feira (20).

Até o momento, a Polícia Civil ainda investiga as causas da morte da líder comunitária. O enterro de Vera Lúcia foi marcado para esta sexta-feira (21), no cemitério Parque dos Girassóis, em Parelheiros.

Em nota publicada no site da Associação Comunitária Auri Verde, em que Vera atuava e tinha papel de liderança, os familiares agradeceram o apoio de amigos. “Agradecemos a todos aqueles que manifestaram sua sensibilidade para com família, amigos e colaboradores, nosso muito obrigada”.

A Polícia Civil segue na investigação para entender o que motivou o assassinato da líder comunitária na região sul de SP.

Entenda

A líder comunitária Vera Lúcia Santos desapareceu após receber um telefonema suspeito, na manhã da quinta-feira, dia 16 de julho. Logo na sequência da ligação, ela saiu da ONG Auri Verde, na região do Grajaú, onde trabalhava desde 1992.

Atualmente, a ONG administra seis creches e um centro de juventude, onde são oferecidos cursos de capacitação à comunidade.

Além de líder comunitária, Vera atuava como conselheira no Conselho Comunitário de Segurança da região do Grajaú.

Felipe Viana

Felipe Viana