Antes de polêmicas, Mel Gibson foi internado com Covid e tratado com remdesivir


source
Mel Gibson
Reprodução

Mel Gibson


Antes de voltar às manchetes ao ser acusado de antisemitismo e homofobia pela atriz Winona Ryder, o ator Mel Gibson esteve internado em um hospital dos EUA com Covid-19. A informação foi passada por seu porta-voz ao Daily Telegraph da Austrália.

“Ele teve teste positivo em abril e passou uma semana no hospital. Mel foi tratado com o medicamento remdesivir enquanto estava no hospital, e testou positivo para os anticorpos depois”, disse o porta-voz. Mel está com 64 anos e tem previsão de aparecer nas telas no filme de ação “Boss Level”, previsto pra sair ainda este ano.

Há um mês, o ator foi acusado por Winona de fazer comentários antissemitas e homofóbicos em uma entrevista para o The Sunday Times. “Ele estava fumando um cigarro, e estávamos conversando com um amigo, que é gay, quando ele disse: ‘Espere, eu vou pegar Aids?’. E então alguém falou algo sobre os judeus”, afirmou a atriz. Um representante do ator, no entanto, negou a veracidade dos relatos na época.

Fonte: IG GENTE

Felipe Viana

Felipe Viana