Facebook permite transmitir videoconferências ao vivo


source

Olhar Digital

Facebook Messenger
Pixabay

Messenger Rooms ganha recurso de transmissão ao vivo


O Facebook também está correndo contra o tempo para se adaptar às novas demandas por aplicativos e serviços de videoconferência. Agora, a empresa anunciou que o Messenger Rooms  terá um novo recurso que permitirá a realização de transmissões ao vivo, ideal para realização de eventos virtuais.


O novo recurso permitirá que as chamadas sejam transmitidas diretamente em uma página de Facebook, mas também será válida para transmissão em perfis pessoais ou em grupos fechados na rede social .

Essas transmissões abertas poderão ser compostas por até 50 participantes. A ideia é viabilizar a exibição de encontros de interesse público, como palestras e congressos, ou até mesmo reuniões de elencos de séries de TV e filmes queridos pelo público.

O recurso nasce da percepção do Facebook da importância das transmissões ao vivo na internet desde o início da pandemia . A empresa percebeu que esse tipo de recurso dobrou em uso no mês de junho de 2020 em comparação com o mesmo mês do ano passado.

De acordo com o comunicado, o criador da sala decide onde a transmissão é compartilhada, quem pode ver e quem pode participar, e é possível incluir ou remover pessoas da chamada a qualquer momento. Os participantes recebem uma notificação para se juntar à conversa e precisarão aceitar a solicitação para que sejam integrados à transmissão. Os participantes também podem deixar a sala a qualquer momento, até mesmo antes de entrarem ao vivo.

O novo recurso começou a ser distribuído nesta quinta-feira (23), mas chegará inicialmente a apenas alguns países, e o Facebook não anunciou quais são. A expectativa da empresa é que todos os países onde o Rooms está disponível tenham suporte à nova função em um futuro próximo.

Outras novidades

O Messenger Rooms está evoluindo a passos rápidos. Na semana passada, o app  também ganhou a opção de compartilhamento de tela para dispositivos móveis iOS e Android na atualização mais recente do app. 

Essa é mais uma estratégia do Messenger na disputa pelo domínio do bate-papo por vídeo com concorrentes como Google HangoutsZoom , enquanto as pessoas recorrem ao trabalho remoto e ao distanciamento social durante a pandemia de Covid-19.

Felipe Viana

Felipe Viana