BRB movimenta R$ 1,38 bi com Supera-DF

O programa foi lançado para minimizar os impactos financeiros da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus
Os contratos repactuados pelo programa, ou seja, que tiveram os pagamentos suspensos por 90 dias, chegam a R$ 882,7 milhões. O montante engloba clientes Pessoa Física (PF) e Pessoa Jurídica (PJ). O BRB é o único banco do mercado que incluiu a modalidade de crédito consignado no programa de suspensão de três meses dos pagamentos de operações.
Balanço parcial, fechado na última sexta-feira (24), mostra ainda que outros R$ 504,4 milhões relacionados a novas operações foram aprovados por meio do Supera-DF para empresas de diferentes setores da cadeia produtiva.
No total, 2500 empresas procuraram o BRB para acessar as linhas de crédito do Supera-DF, sendo que 1765 não eram clientes da Instituição. Foram abertas 1028 contas e aprovados 993 limites de crédito.
“O BRB segue firme no propósito de ser o Banco do Distrito Federal. Por isso, estamos empenhados em reduzir os impactos econômicos provocados pela crise da Covi-19”, afirma o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.
RAIO-X
O programa Supera-DF tem dado especial atenção às micro e pequenas empresas, que juntas representam 92,5% do total das propostas aprovadas.
O levantamento mostra ainda que 348 empresas atendidas desde o início da pandemia da Covid-19 são do setor do comércio varejista, com destaque para segmentos de vestuário, papelaria e lojista.
Em seguida, aparece o setor de serviços, com 203 empresas atendidas. Nesse setor, os destaques foram os escritórios administrativos e de contabilidade.

O balanço parcial revela ainda que 100 empresas do setor de alimentação (bares, restaurantes e lanchonetes) foram contempladas pelo Supera-DF do BRB.
Portal Cidades e Condomínios por Jornalista Paulo Melo 61 98225-4660 Sugestão de pauta: cidadesecondominios@gmail.com #Cidades #Condomínio #PauloMeloJornalista #CidadeseCondomínios

 

Paulo Melo

Paulo Melo

Paulo Melo é Jornalista, formado em Gestão Pública pela UCDB e em Gestão Empresarial e Controladoria na UNIPLAN, já cursou Ciência Política na UDF. Especialista em Marketing, editor chefe do portal Cidades & Condomínios, ex-coordenador geral do Movimento dos Comunicadores do Brasil - MCB e ex-presidente da Federação Nacional dos Comunicadores no Distrito Federal - FENACOM/DF.