Distritais sustam portaria que impedia prescrição de remédios por enfermeiros


O projeto de decreto legislativo que susta os efeitos da Portaria nº 67/20 – a qual suspendeu a autorização de enfermeiros prescreverem medicamentos, bem como solicitarem exames, na rede pública de saúde do Distrito Federal – voltou à pauta de votações da Câmara Legislativa nesta terça-feira (11)
Jorge Vianna explica que, na prática, os enfermeiros já prescrevem medicamentos, apoiados por regulamentação federal e protocolos estabelecidos na área de saúde

Por unanimidade, os 16 deputados presentes em plenário aprovaram o PDL nº 90/20, do deputado Jorge Vianna (Podemos).

O distrital, que é da área da saúde, agradeceu o apoio dos colegas e disse que o objetivo da proposta "não é afrontar o governo ou qualquer outra categoria profissional". "Na prática, os enfermeiros já prescrevem medicamentos, apoiados por regulamentação federal e protocolos estabelecidos na área de saúde", explicou. A suspensão da portaria, ainda segundo ele, vai permitir que o governo redija uma outra, "com redação mais clara".

Médica de formação, a deputada Arlete Sampaio (PT) explicou que a Portaria nº 67/20 suspende uma outra portaria, a 33/20, "que extrapola os limites da prática de enfermagem". "Vou votar a favor do PDL com o acordo de o governo elaborar outro normativo, com texto que não gere dúvidas", reforçou.

Portal Cidades e Condomínios por Jornalista Paulo Melo 61 98225-4660 Sugestão de pauta: cidadesecondominios@gmail.com #Cidades #Condomínio #PauloMeloJornalista #CidadeseCondomínios