Preserva Brazlândia: rede social da cidade inicia planejamento das ações para 2020

Projeto foi criado em 2015 e tem conseguido bons resultados na articulação entre comunidade e poder público para enfrentar o parcelamento irregular do solo na Região Administrativa de Brazlândia

A Comissão Preserva Brazlândia se reuniu nesta quarta-feira, 27 de novembro, para iniciar o plano de ação para 2020 das atividades e estratégias para enfrentar o parcelamento irregular de terras. O projeto, de iniciativa da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística (Prourb) e da Coordenadoria Administrativa das Promotorias de Justiça de Brazlândia, visa potencializar a participação social na elaboração, execução e fiscalização da política local de uso e ocupação do solo.

A área tem sofrido com a ocupação desordenada do solo para fins urbanos. A preservação da região é essencial para o abastecimento hídrico do Distrito Federal, além da vocação agrícola e do potencial turístico e cultural. A Comissão Preserva Brazlândia entende que a responsabilidade pela proteção do meio ambiente e pela prevenção do parcelamento irregular deve ser compartilhada entre o poder público e a sociedade. O grupo é um espaço para discutir as soluções para os problemas locais.

Para o promotor de Justiça Denio Augusto Moura, muito ainda pode ser feito para evitar que Brazlândia tenha o mesmo destino de outras regiões do DF. “Infelizmente, o processo de parcelamento irregular de terras continua colocando em risco o meio ambiente e, consequentemente, a qualidade de vida da população, exigindo a mobilização daqueles que, por dever de ofício ou pelo exercício da cidadania, querem continuar lutando pelo desenvolvimento social e ecologicamente sustentável da região”, destaca.

O produtor rural Lauro dos Santos Correia participou do encontro e considera que a Comissão Preserva Brazlândia tem um papel importante “para integrar os órgãos públicos que discutem o grave adensamento populacional na cidade, causado pelas ocupações irregulares”.


Portal Cidades e Condomínios por Jornalista Paulo Melo 61 98225-4660 Sugestão de pauta: cidadesecondominios@gmail.com #Cidades #Condomínio #PauloMeloJornalista #CidadeseCondomínios