Chegada das chuvas exige mais cuidado no trânsito

Pista escorregadia e baixa visibilidade geram riscos de acidentes

O início das chuvas marca um período em que os riscos de acidentes no trânsito aumentam. O óleo, a fuligem e a sujeira acumulados durante o longo período de estiagem juntam-se à água da chuva formando uma camada escorregadia na pista, o que dificulta a frenagem e pode provocar colisões, principalmente em horários de grande fluxo de veículos. A visibilidade também fica comprometida, principalmente em momentos de chuva forte.

Em razão disso, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal alerta os condutores de veículos a redobrarem a atenção, reduzirem a velocidade e aumentarem a distância do veículo à frente. "Em alta velocidade, o risco de acidentes ainda é maior, pois pode ocorrer a aquaplanagem e o veículo perder a direção, vindo a rodar na via e colidir com outros veículos ou objetos fixos", destaca o diretor-geral do Detran, Silvain Fonseca.

Ele lembra, ainda, que é importante revisar freios, pneus, limpadores de para-brisa, sistema de circulação de ar e toda a parte elétrica do veículo, já que lâmpadas e fusíveis se queimam com mais facilidade quando são molhados.

Recomendações

· Revise pneus, freios, limpadores e faróis do veículo;

· Mantenha pneus calibrados e evite frear quando passar por um buraco no intuito de diminuir o efeito do impacto;

· Use o ar-condicionado e o desembaçador elétrico traseiro ou abra um pouco os vidros para deixar o ar circular pelo carro, a fim de melhorar a visibilidade;

· Reduza a velocidade e mantenha maior distância do veículo da frente;

· Sob chuva forte ou neblina que comprometa a visibilidade, pare em local seguro, ligue o pisca-alerta e espere as condições do tempo melhorarem;

· Evite freadas ou mudanças bruscas para evitar a aquaplanagem, onde pneus perdem o contato com o asfalto;

· Em locais alagados, abandone o veículo assim que o nível de água atingir o batente do carro, pois ele pode começar a boiar.

Portal Cidades e Condomínios por Jornalista Paulo Melo 61 98225-4660 Sugestão de pauta: cidadesecondominios@gmail.com #Cidades #Condomínio #PauloMeloJornalista #CidadeseCondomínios