Para-raios em condomínios

Os para-raios são haste metálicas ligadas por cabos condutores ao solo,colocadas nos telhados das residências de modo a criar um caminho por onde o raio possa passar,de forma segura ,em direção ao solo sem causar danos.É importante saber como se proteger desse rico




O topo da construção dos edifícios deve ser analisado com bastante cautela e atenção especial,pois é exatamente neste local onde se instalam os para-raios,ou sistema de proteção contra descargas atmosféricas(PSDA).A proteção e instalação dos para-raios deve obedecer rigorosamente as instruções da NBR 5419,da Associação Brasileira de normas técnicas- ABNT.

A instalação de para-raios é essencial para preservação da vida e também de utensílios domésticos,pois em caso de descarga elétrica,os para-raios sugam os relâmpagos para a terra e não oferecem riscos a população.Para a instalação de para-raios,o condomínio deve contratar empresa que disponha de engenheiro inscrito no CREA- conselho regional de engenharia e arquitetura para fazer o projeto.

A instalação inadequada de para-raios começa com colocação de antenas parabólicas,out doors e outros equipamentos pro cima do aparelho.Durante a estação chuvosa ,essa pratica anula sua função protetora,tornando os prédios vulneráveis a descargas elétricas.Uma instalação mal feita ,por funcionários de firmas elétricas ,sem devido conhecimento técnico , pode provocar danos.

Portal Cidades e Condomínios por Jornalista Paulo Melo 61 98225-4660 Sugestão de pauta: cidadesecondominios@gmail.com #Cidades #Condomínio #PauloMeloJornalista #CidadeseCondomínios