Bate-papo com a síndica Adriana Reyes Puertas

Na 15° edição da série de entrevistas intitulada de BATE-PAPO COM SINDICO, conversamos com a Professora, Geógrafa, Gestora Ambiental, Administradora de Imóveis e Síndica no Condomínio do Edifício Residencial Guarujá em Cuiabá-MT, Adriana Reyes Puertas, veja abaixo as respostas dessa competente síndica ao nosso portal


1-) Porque decidiu ser Síndica?

Descidi ser síndica após participar de anos de assembleia e achar que algo poderia ser feito para melhorar meu condomínio.
Era a primeira moradora dele e por mais de 25 anos, via as coisas acontecerem e não tinha ideia da proporção da importância. Na minha primeira gestão foi frustrante, tive que lutar com a resistência de alguns moradores em seguir regras. Já na segunda gestão fui convidada para participar, pois queriam que as coisas mudassem. Hoje na 3 gestão com a minha reeleição, tenho 99% da aprovação e apoio dos moradores. 

2-) Como conciliar suas atividades, mais a de Síndica?
Hoje me dedico única e exclusivamente aos estudos para a profissão. Estou fazendo um curso técnico de Administração Condominial, dividindo algumas horas do dia com as práticas diárias e também a minha administração imobiliária. 

3-) Como é ser Síndico?
Não sei ao certo o que dizer de como é ser e sim do que acho que um síndico deva ser. 
Acredito que um bom síndico antes de tudo, ser um bom mediador e conciliador. Fazer seu trabalho, participativo e demonstrando total transparência.  Saber qual o perfil de seu condômino é essencial. 

4-) Quando assumiu quais os problemas encontrados?
Nossa, já tive vários problemas, que vão da inadimplência, uso de droga na parte interna dos apartamentos, violência por parte de companheiros, vazamento de gás, que resultou na intervenção do Bombeiro, e morador anti-social, que para mim foi o pior. 

5-) O que representava o maior problema?
O morador anti-social, veio a ser o síndico anterior ao meu 2 mandato. Ele causou e ainda tenta causar danos e prejuízos ao condomínio. Como por exemplo, desligar a bomba d'água, fazer xixi no sofá do Hall, jogar lixo das lixeiras na garagem... Coisas absurdas, que acabaram com a redistribuição das câmeras filmadoras. 

6-) Deixe uma mensagem de otimismo para os seus colegas Síndicos?
Ser síndico antes de ser uma profissão é uma gestão de amor... Devemos tratar nosso condomínio como a extensão dos cuidados e zelo que temos por nossa casa, mas com a responsabilidade de estarmos gestando uma empresa, onde os demais associados são seus seus vizinhos, que conjugam de opiniões por muitas vezes divergentes da sua. 

Portal Cidades e Condomínios por Jornalista Paulo Melo 61 98225-4660 Sugestão de pauta: cidadesecondominios@gmail.com #Cidades #Condomínio #PauloMeloJornalista #CidadeseCondomínios