Bate-papo com a síndica Ismara Estulano Pimenta

Na 11° edição da série de entrevistas intitulada de BATE-PAPO COM SINDICA, conversamos com a advogada, empresária e síndica do Condomínio do Edifício Montmartreem Goiânia-GO, Ismara Estulano Pimenta, veja abaixo as respostas dessa competente síndica ao nosso portal


1-) Porque decidiu ser Síndica? 
A pedido dos Condôminos em especial de uma antiga conselheira.

2-) Como conciliar suas atividades, mais a de Síndica? 
Tento conciliar sempre com o auxílio de um bom zelador, contador e conselheiros participativos, uma vez que a função não gratificada no meu condomínio, me antecipando aos problemas e gastos para ter sempre que possível antecipar soluções ante

3-) Como é ser Síndica? 
Sempre estar em busca de melhores soluções e otimização de gastos com foco na qualidade de vida dos condôminos, com transparência e participação em decisões na maioria dos casos.

4-) Quando assumiu quais os problemas encontrados?
Desvio de verbas, necessidade de repactuação de contratos e alterações de prestadores de serviço para diminuição de custos, além da necessidade de reformas.

5-) O que representava o maior problema?
Além do desvio de caixa era imprescindível uma programação para reforma, vez que a manta estava para ser trocada há mais de cinco anos. Fizemos uma programação de reforma por etapas para não elevar uma taxa que já era de mais de dois mil reais.Além disso, implementamos portaria remota para diminuir custos, entre outras alterações.

6-) Deixe uma mensagem de otimismo para os seus colegas Síndicos? 
Faça o seu melhor. Cerque se de pessoas que somem e tenha como objetivo a vontade da maioria, que é o que realmente importa. As críticas não tem relevância se são apenas insatisfações pessoais, afinal quando você divide convivência você aprende a se importar com o outro e querer sempre o melhor em todos os aspectos. 

Portal Cidades e Condomínios por Jornalista Paulo Melo 61 99807-2015