Senado pode votar inclusão de 13 municípios na Rede Integrada do DF

Onze municípios de Goiás e dois de Minas Gerais podem ser incluídos na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal. O projeto de lei sobre o assunto está na pauta do Senado para esta quarta-feira (2), mas depende da presença de, no mínimo, 41 senadores para que entre em processo de votação

Resultado de imagem para senado
A medida tem urgência e segundo o senador Hélio José, do Pros, relator do projeto, se o quórum não for alcançado existe acordo para que a proposta seja colocada em votação na próxima terça-feira (8).

A Região Integrada foi criada em 1998, com o objetivo de reduzir as desigualdades regionais e o impacto do crescimento desordenado de Brasília e do Entorno.

As cidades que fazem parte da região têm direito a linhas de créditos especiais e incentivos fiscais para investir em infraestrutura e geração de empregos.

O projeto que está em análise no Senado já passou pela Câmara dos Deputados e caso seja aprovado, os municípios de Alto Paraíso, São Gabriel e Cavalcante, que ficam na Chapada dos Veadeiros e a cerca de 250 quilômetros do Distrito Federal passarão a fazer parte da Região Integrada, assim como Alvorada do Norte, Barro Alto, Flores de Goiás, Goianésia, Niquelândia, São João d’Aliança, Simolândia e Vila Propício.

Também entram para a Região Integrada do DF, de acordo com o projeto de lei, os municípios mineiros de Arinos e Cabeceira Grande.

Portal Cidades e Condomínios por Jornalista Paulo Melo 61 99807-2015