quinta-feira, 8 de junho de 2017

Brasília busca uma vaga para ser reconhecida como "cidade criativa do design" pela Unesco

A capital federal busca uma vaga para ser reconhecida como "cidade criativa do design" pela Unesco, que promove o desenvolvimento sustentável no turismo e na economia.

A inscrição da capital no processo seletivo foi anunciada nesta terça-feira (6) pelo governador Rodrigo Rollemberg, dez dias antes do prazo final. O resultado será divulgado pela Unesco no dia 31 de outubro.

Criada em 2004, a rede é composta por 116 cidades de 54 países que atuam em cooperação para aprimorar as estratégias de desenvolvimento por meio de sete pilares da indústria criativa e cultural. Além do design (parte em que o DF concorre), há também artesanato e artes folclóricas, gastronomia, cinema, literaturas, artes midiáticas e música.

                                                  Foto: Celso Eduardo

No Brasil, cinco cidades fazem parte da rede – sendo Belém e Florianópolis em gastronomia, Curitiba em design, Salvador em música e Santos no cinema. Na categoria design, estão incluídos setores como arquitetura, decoração, moda, arte de rua e design gráfico.

Se a capital for aceita na rede, terá de assumir o compromisso de compartilhar boas práticas com outras cidades, firmar parcerias que fortaleçam atividades culturais e integrar estes fatores nos planos de desenvolvimento urbano.

Também deverá ampliar os investimentos em criação, produção e distribuição de atividades culturais, bem como o acesso à arte pela população mais desassistida.


Fonte: G1
Cidades e Condomínios por Celso Eduardo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas