segunda-feira, 29 de maio de 2017

Dicas para melhor convivência em condomínios

Morar num condomínio tem muitas vantagens, mas é preciso respeitar algumas regras para conviver em harmonia. Para você não cometer aquela gafe com os vizinhos, veja abaixo as dicas da consultora de etiqueta e marketing pessoal Lígia Marques para se comportar em condomínios.




Estacionar o carro na vaga de outro morador é terminantemente proibido. Se não estiver usando o carro, evite armazenar objetos aleatórios no local. Arranhou o carro do vizinho ao estacionar? Deixe um bilhete no para-brisa com seu contato para que possa pagar o prejuízo.

É preciso respeitar um horário minimamente adequado para tocar música em volume mais alto, ouvir TV e até mesmo falar, que seria das 9h às 22h.

Respeite o espaço que é usado por todos, prezando pela higiene e o compartilhamento dos equipamentos de lazer. Evite levar os animais de estimação para fazer suas necessidades nos jardins ou deixar as crianças brincarem no hall de entrada. 

As crianças menores precisam estar sempre acompanhadas por adultos, pois alguns locais podem ser perigosos para elas, como instalações elétricas, piscinas, escadas e elevadores:
- É importante também que eles sejam instruídos a não atrapalhar os funcionários em suas tarefas, e não fiquem em locais inadequados, como a guarita.
Os funcionários do condomínio não têm entre suas funções cuidar dos filhos dos moradores. "Nem mesmo por cinco minutinhos", explica Lígia. Também não é legal solicitar serviços extras e particulares em seus horários de trabalho.
Os moradores devem sempre utilizar os elevadores de serviço com seus amimais, não deixá-los sozinhos se fizerem barulho e não circular com eles em áreas não permitidas.
Em dias de festa, não deixe de avisar seus vizinhos sobre o barulho incomum. E, se possível, até mesmo convidá-los.


Dar boas-vindas a novos moradores, oferecendo-se para ajudá-los na adaptação à nova moradia, também é um gesto simpático. Mas nunca chame e/ou contrate uma funcionária do vizinho para a sua casa. Pode pegar mal!


Fonte: Extra
Cidades e Condomínios por Celso Eduardo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas