quarta-feira, 1 de março de 2017

A cor da frota de veículos do Distrito Federal

Carros branco e prata são os preferidos do brasiliense, representando quase metade da frota circulante
 
No cadastro de veículos do Detran-DF, composto por 1.674.778 veículos, é evidente a preferência do brasiliense pelas cores branca e prata que lideram a frota circulante do Distrito Federal. Na frente estão os veículos de cor branca com 573.072 unidades, representando 20,7% do total.

Já a cor prata é a segunda preferida dos candangos, chegando a 556.039 carros, ou seja, 20% do total. A prata esteve na liderança em 2015. Mas em 2016, perdeu a pose para a frota de veículos brancos que continua crescendo.

Entre mitos e verdades, não é possível precisar exatamente o que dita a moda nesse mercado. Ambas são cores neutras, mas com uma diferença expressiva no valor. O carro prata costuma ser mais caro, de 3% a 5%.

O branco virou onda exatamente em meados de 2016, quando se agravou a crise econômica. Mas há quem acredita que o branco passou a ter novo conceito a partir do momento em que deixou de ser a cor padrão dos táxis no DF.

O carro prata também tem suas peculiaridades. Conforme os apreciadores do mercado, essa tonalidade destaca melhor o design do veículo, disfarça riscos e arranhões, assim como a sujeira, além de ser melhor avaliado no momento da troca ou venda.

A cor preta é a terceira mais procurada pelo brasiliense, representando 14,8% da frota. Bem abaixo das duas primeiras colocadas. São 410.457 veículos pretos em todo o DF, seguidos pelos vermelhos que compõem 13,3% da frota, com 368.700 unidades.

Já a cor cinza equivale a 11,2% da frota circulante, com 310.732 veículos, e a azul, 7,7%, com 215.267 unidades. A cor verde é a que menos atrai o brasiliense. Representa somente 5% da frota do Distrito Federal com 139.141 veículos. Outros tons como amarelo, marrom, grafite e demais, somam 7,1% do total da frota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas