sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Pets ganham espaço nos condomínios

Foi-se o tempo em que as construtoras se limitavam a oferecer salão de festas e playground para as crianças. Agora, elas precisam pensar também nos novos membros das famílias: os pets

De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil possui cerca de 132,4 milhões de animais de estimação. E eles são tratados como gente – quando o assunto é cuidado, o gasto médio mensal com alimentação, saúde e lazer dos pets – conforme pesquisa da CVA Solutions – chega a R$231. “Criar espaços exclusivos para eles em condomínios é uma tendência internacional que vem ganhando força por aqui. São locais onde os animais podem correr, brincar e receber cuidados”, explica Silvia Fernandes, gerente de incorporações da Cyrela Paraná.

Além de mimar os pets, estes espaços oferecem praticidade e segurança para os moradores – que não precisam mais sair do condomínio para passear com seus animais. Pensando nisso, a Cyrela passou a implantar em seus empreendimentos espaços como o Pet Care – sala para banho e tosa – e o Agility Dog – uma área com cones, túneis e demais obstáculos para que os pets se exercitem e gastem as energias. “São estruturas relativamente simples, mas que auxiliam no dia a dia e proporcionam comodidade, conforto e economia, já que assim o dono pode cuidar do seu animal em casa”, revela Silvia.

Estes espaços ainda contribuem para diminuir os conflitos de vizinhos em relação à convivência entre pessoas e animais. Com locais reservadas para os pets, eles deixam de ocupar as áreas comuns e de frequentar os mesmos espaços que os demais moradores – que podem não gostar desta convivência. Em Curitiba, os empreendimentos West Side e o Ópera Unique Home, da Cyrela, possuem espaços exclusivos para levar o cachorro para fazer exercícios e para cuidar dos pets.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas