sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Grupo troca tiros e quebra guarita de condomínio em Sobradinho, no DF

Ação aconteceu por volta de 3h30. Polícia Militar diz que envolvidos são sem-teto; corporação impediu que residencial fosse invadido.

Homens trocaram tiros e tentaram invadir um condomínio que fica na DF-330, em Sobradinho, na madrugada desta quinta-feira (23). Segundo moradores do residencial Recanto da Serra, o tiroteio durou quase 30 minutos. A polícia impediu que o grupo entrasse no local, mas ninguém foi preso. Vidros da guarita ficaram destruídos após ela ser apedrejada.

De acordo com a Polícia Militar, o tiroteio começou por volta das 3h30. A corporação afirma que cerca de 80 pessoas participaram do "duelo".

A PM informou que os responsáveis pela troca de tiros são um grupo de sem-teto que vive em uma invasão ao lado do condomínio. A briga só acabou depois de os policiais negociarem com o grupo.

"Escutamos alguns tiros e acordamos assustados. Meu marido, que é síndico foi até a portaria ver se os vigias estavam bem e ligamos pra polícia", afirmou a empresária Gleice Oliveira, moradora de um dos condomínios da região.

Após o tiroteio, parte do grupo tentou invadir o condomínio Dorot. Usando pedaços de madeira e pedra, eles depredaram a portaria do condomínio. Antes da depredação, os vigias tinham deixado a guarita e ninguém se machucou.

Histórico
Os moradores do condomínio relatam que essa foi a primeira vez que uma situação do tipo, mas afirmaram que desde dezembro duas residências foram roubadas.

"Foi a primeira vez que aconteceu. A gente começou a se preocupar quando a primeira invasão se instalou. Eles fazem buracos no muro do condomínio e invadem", afirmou Gleice Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas