Fonte: BBC Brasil

O Dia das Bruxas é conhecido mundialmente como um feriado celebrado principalmente nos Estados Unidos, onde é chamado de Halloween.
Mas hoje em dia é celebrado em diversos outros países do mundo, inclusive o Brasil, onde hábitos como o de ir de porta em porta atrás de doces, enfeitar as casas com adereços "assustadores" e participar de festas a fantasia vêm se tornando mais comuns.
Mas sua origem pouco tem a ver com o senso comum atual sobre esta festa popular. Entenda a seguir como ela surgiu.

EPAImage copyrightEPA
Image captionDia das Bruxas é um festival ligado à cultura americana, mas celebrado em diversos países


Novidade de verão: McFlurry M&M’s está de volta ao McDonald’s!

Sobremesa de sucesso chega no dia 9 de novembro, em duas versões

Com a chegada das altas temperaturas, a plataforma de sobremesas do McDonald’s recebe um reforço de sucesso, o McFlurry M&M’s. Dessa vez, os fãs de McFlurry M&M’s terão uma surpresa saborosa: poderão escolher entre os sabores chocolate ou amendoim. 




Maior campanha do ano, rede premiará clientes com prêmios instantâneos, um ano de supermercado grátis e ofertas especiais anunciadas diariamente

Brasília, outubro de 2016 – Fundado em 1989, o Extra completa 27 anos em 2016 e, para comemorar o aniversário, a rede realizará sua maior campanha do ano: o Aniversário Extra. Foram preparadas diversas ações especiais, como a Promoção Compra Extra Premiada e um sorteio que premiará clientes com um ano de compras grátis. Além disso, a rede fez excelentes negociações para garantir um aniversário com ofertas ainda mais agressivas para garantir aos clientes ótimas compras gastando pouco. A ação, que começa dia 28 de outubro e termina em 17 de novembro, será retratada ainda em uma campanha inédita para a televisão. 





Os deputados da Assembleia Legislativa do Paraná foram humilhados nesta quarta (26), em Curitiba, durante pronunciamento da estudante Ana Júlia, de 16 anos, do Colégio Estadual Senador Alencar Guimarães. O discurso da estudante do SESMAG humilhou os deputados porque eles não esperavam ouvir o que ouviram de uma menina de apenas 16 anos. Ela deu uma verdadeira aula de cidadania aos parlamentares.

Ao defender a legitimidade das ocupações, de acordo com a lei, a adolescente também criticou a “escola sem partido”.

A estudante disse da tribuna que a escola sem partido “nos humilha” e a PEC 241 “é uma afronta” à Constituição Cidadã de 88.

“A nossa única bandeira é a educação, apartidária”, disse Ana Júlia. Ela rechaçou que a violência banalizada tivesse alguma relação com a luta pela qualidade do ensino público.


O Paraná tem cerca de 900 escolas ocupadas. Hoje, em Curitiba, ocorre uma assembleia com representantes dessas ocupações para decidir se continuam ou suspendem o movimento.

ana_julia_sesmag

Fonte: Blog do Esmael



EXTRA APOIA O OUTUBRO ROSA

Brasília, outubro de 2016 – Com o intuito de apoiar o Outubro Rosa, campanha mundial de conscientização que visa chamar atenção para a realidade atual do câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce, o Extra vai mudar o seu tradicional vermelho pelo rosa.  A partir de uma parceria e apoio financeiro à Federação Brasileira de instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), as lojas da rede compartilharão informações sobre a principal forma de combate à doença – o diagnóstico precoce. O principal objetivo da campanha é emprestar a força e alcance do Extra para chamar a atenção para a causa.

Durante todo o mês, o Extra contará com uma série de ações, dentre elas a presença de voluntários de ONGs parceiras da Femama, que distribuirão filipetas em diversas lojas Extra Hipermercados, com o objetivo de reforçar a importância dos cuidados à saúde da mulher e do diagnóstico precoce do câncer de mama, que pode aumentar as chances de cura.


Os folhetos de ofertas também foram repaginados e apresentam a cor rosa, bem como a comunicação para a televisão, para enfatizar o apoio da rede ao Outubro Rosa. Nas redes sociais, o Extra apresentará um vídeo em animação com informações sobre a doença e a importância de realizar a mamografia anualmente, após os 40 anos, como principal ferramenta para conseguir um diagnóstico precoce da doença. O conteúdo pode ser visto pelo link https://www.youtube.com/watch?v=lGV6pyH2t8k.

Presente nas comemorações, governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, destacou o esforço para que a vida da população afetada pelo temporal da madrugada de quinta (20) voltasse rapidamente ao normal

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, e a esposa e colaboradora do governo, Márcia Rollemberg, participaram da festividade e cortaram o bolo de 27 metros. Foto: Tony Winston.



 

Conhecido por ser uma das principais referências gastronômicas de Brasília, o Oscar Restaurante, localizado no Brasília Palace Hotel, conta agora com uma programação diferenciada nas sextas-feiras.

Para fechar a semana de forma especial e descontraída, a partir das 20h, o Oscar Restaurante ganha o ar de balada, com a presença de DJ e iluminação diferenciada. Um pocket menu foi desenvolvido especialmente para a nova programação da casa, com steak fries, pizza trufada, pasteizinhos, tiramisu, dentre outros itens.


O ambiente agradável do restaurante proporciona aos clientes o clima perfeito para começar a noite de sexta-feira, embalados por músicas de diversos gêneros, com foco no House.



A lutadora Carminha Carvalho, de 36 anos estará representando a cidade de Luziânia (GO), no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu sem Kimono 2016. A disputa acontecerá nos próximos dias 22 e 23 de Outubro, no Rio de Janeiro.
De acordo com a Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ), o campeonato será dará por faixa e categoria de idade, confira:
Masculino
Ano de nascimento
Categoria de Idade
Faixa
2000 e 1999
Juvenil
Azul, Roxa
1998 e anos anteriores
Adulto
Preta
Azul, Roxa, Marrom,
1986 e anos anteriores
Master 1
Azul, Roxa, Marrom, Preta
1980 e anos anteriores
Master 2
Azul, Roxa, Marrom, Preta
1975 e anos anteriores
Master 3
Azul, Roxa, Marrom, Preta
1970 e anos anteriores
Master 4
Azul, Roxa, Marrom, Preta

Feminino
Ano de nascimento
Categoria de idade
Faixa
2000 e 1999
Juvenil
Azul, Roxa
1998 e anos anteriores
Adulto
Azul, Roxa, Marrom, Preta
1986 e anos anteriores
Master 1
Azul, Roxa, Marrom, Preta

Carminha disputou o Campeonato de Jiu-Jitsu Esportivo, em São Paulo, conseguindo a categoria de Campeã Mundial. Ela nos conta que neste campeonato do Rio de Janeiro estará completando 1 ano em que ela começou a participar de  grandes competições em cidades como Curitiba e Belo Horizonte.
Para obter bons resultados e se destacar nos campeonatos, a atleta mantém uma rotina de suplementação, alimentação balanceada, treinos pesados, entre outros.
Em sua página no Facebook, Carminha recebe o apoio de amigos, admiradores e familiares. Todos na torcida pela atleta. “Boa sorte nega... Guerreira mais uma vitória,” escreveu Amanda Martiniano.
“Vai com Deus Carminha Carvalho!!!! Jesus Cristo te abençoe!!!!” disse Paulinho Caroço .

Jornalista - MTB 0065227/DF

Em média, 75% das demandas que chegam à ouvidoria são solucionadas antes, o que evita novas ações judiciais.

Exibindo foto ouvidoria.jpgExibindo gráfico de atendimentos.jpg

DA REDAÇÃO ASCOM CRECI/DF

A Ouvidoria do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Distrito Federal (CRECI/DF) atua diariamente para sanar as demandas de Corretores de Imóveis e comunidade brasiliense em processos que envolvem o mercado imobiliário da Capital Federal.

Os requerimentos recebidos pelo setor, por meio de telefone, e-mail ou atendimento pessoal são analisados e trabalhados de modo que as solicitações sejam sanadas para evitar novos processos administrativos ou judiciais.

A Ouvidoria também funciona como um canal direto de comunicação entre o Conselho, profissionais e comunidade, informando e esclarecendo dúvidas e recebendo denúncias e reclamações. “Nossos Ouvidores buscam todos os meios para fazer uma mediação entre o reclamante e o reclamado e isto evita que o Conselho instaure processos administrativos por mero desentendimento que acontece no mercado”, explicou o superintendente do CRECI/DF, Rhanne de Oliveira.

Segundo um dos Ouvidores do CRECI/DF, Clovis Martins, a resolução de conflitos chega a média de 75% do total de demandas e, mesmo após o acordo, a Ouvidoria mantém contato com as partes. “Nós atuamos durante a execução do Contrato de Acordo para saber se tudo está sendo como o combinado. Nosso papel é fazer com que os envolvidos finalizem todo o processo da melhor maneira possível”, disse.

Este serviço prévio de acordo, que é realizado pelo CRECI/DF, foi elogiado pelo Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Paulo de Tarso Sanseverino. “Esta é uma grande contribuição do Conselho para o País. A conciliação prévia ou no início do processo evita que novas demandas desnecessárias sejam impetradas no sistema judicial”.

Nos últimos anos a procura por atendimento na Ouvidoria vem aumentando. Em 2014 foram registrados 699 atendimentos. Em 2015, houve 4.378 demandas e no primeiro semestre deste ano mais de 1,5 mil pessoas já foram atendidas.

Após problemas durante a compra de um apartamento em 2015, o técnico em Redes de Computadores, Welleson Moreira, buscou atendimento da Ouvidoria por meio do site do CRECI/DF. Após dez dias teve a demanda resolvida. “Minha solicitação foi resolvida. Fiquei muito feliz com o atendimento e principalmente com o prazo de resolução que foi muito rápida. Acredito que não ultrapassou 10 dias até a resolução”, afirmou.


Do mesmo modo, a Ouvidoria funciona na Unidade Móvel de Atendimento (UMA). Uma vez por mês o Ouvidor faz atendimentos na Unidade. Para saber datas e localidades da UMA acesse www.crecidf.gov.br


Ação acontece em 26 de outubro e todo o valor líquido da venda da tradicional cebola gigante Bloomin’ Onion® será revertido às atividades da instituição

A 11ª edição do Bloomin’ Day promete espalhar alegria por todo o Brasil. Esse ano, o dia especial que marca a doação do valor líquido da venda da cebola gigante Bloomin’ Onion® acontece em prol do Doutores da Alegria, organização sem fins lucrativos que utiliza a arte do palhaço para acessar o lado saudável de crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos e ambientes adversos. Na medicina do palhaço, essa área é conhecida como Besteirologia e verifica se as veias cômicas dos pacientes estão sadias, auxiliando no tratamento tradicional. Em 26 de outubro, todos os restaurantes Outback do Brasil participam dessa animada corrente de solidariedade.

Para contribuir, basta ir a um dos restaurantes Outback do Brasil (http://www.outback.com.br/restaurantes/) e saborear uma cebola Bloomin’Onion®. O valor cooperará com diversas atividades, entre elas o Programa de Formação em Palhaço para Jovens e o aumento do número de horas dedicadas à medicina do palhaço, a chamada besteirologia, nos hospitais já credenciados, possibilitando colaborar com mais pessoas que estão em tratamento. Nas redes sociais será possível apoiar e compartilhar a ação por meio das hashtags #BloominDay e #EspalheSuaAlegria.

“Esse ano, estamos convidando nossos clientes, colaboradores e todas as pessoas que acreditam nessa boa causa para espalharem alegria por todo o país”, diz Paula Castellan, diretora de marketing do Outback Steakhouse. “Os Doutores da Alegria  são focados em proporcionar bons momentos às pessoas. É uma instituição que conta com profissionais empenhados em compartilhar alegria todos os dias, assim como nós”, completa.

“É a primeira vez que realizamos essa parceria com o Outback. Vemos muita sinergia entre nossos valores, inclusive na mobilização pela causa da alegria. Esperamos que venham bons resultados para a manutenção de nossos projetos e que mais pessoas possam conhecer a nossa organização”, afirma Luis Vieira da Rocha, diretor presidente da Associação Doutores da Alegria.

Sobre o Outback Steakhouse

A rede Outback Steakhouse possui 83 restaurantes no Brasil, está presente em 36 cidades, 14 Estados brasileiros e Distrito Federal. No mundo está em 22 países entre Américas, Ásia e Oceania. O primeiro restaurante no país foi inaugurado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, em 1997. Com seus cortes de carne especiais e aperitivos icônicos como a Bloomin’ Onion®, o Outback caiu no gosto do brasileiro graças à qualidade, fartura e sabor marcante da culinária oferecida somados à descontração no atendimento e as instalações aconchegantes.

Medida atende à exigência de decreto publicado em maio, que mudou de permissão para autorização a forma de ingresso no serviço.

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) regulamentou o procedimento exigido para cadastro de profissionais autônomos e pessoas jurídicas como autorizatários do serviço de transportes coletivos escolares. A Instrução nº 896 da autarquia, de 13 de outubro de 2016, segue o Decreto nº 37.332, de 12 de maio de 2016, que muda de permissão para autorização a forma de ingresso no serviço.
Será permitido um carro por pessoa física e, durante os 12 primeiros meses de vigência da instrução, até dois por pessoa jurídica. Quem quiser fazer o cadastro deve entregar o requerimento na sede do Detran-DF (SAM, Lote A, Bloco B), próximo ao Palácio do Buriti, dirigido ao diretor-geral da autarquia.
É necessário informar contato telefônico e e-mail para que o Detran-DF autorize a ida ao departamento com toda a documentação.
Existem 1,2 mil permissionários do transporte escolar no Distrito Federal, mas desde 2002 não há concorrência pública devido à divergência nas legislações local e federal.
A mudança trazida pelo decreto é um pedido antigo de profissionais do setor e atende também ao interesse dos pais de alunos, na medida em que abre o setor à competição.
Quem já presta o serviço por meio de permissão e quiser receber a autorização precisa se ajustar às exigências do decreto. Quem não o fizer perderá o direito.
Lei nº 2.994, de 11 de junho de 2002, estabelece que o transporte escolar seja feito via permissão — o dispositivo contraria os artigos 136 e 137 do Código de Trânsito Brasileiro, que prevê o serviço por meio de autorização.
“Dividimos o processo em três etapas: a primeira é dar entrada do requerimento no protocolo do Detran-DF. Depois, caso esteja tudo certo, é preciso preparar a documentação do motorista, e, só então, se preocupar com o carro”, explica o chefe da Unidade de Operações Técnicas do Detran-DF, Fanstone Matos de Alencar. “Esperamos atender, no começo, em média cinco apresentações de documento por dia.”

Documentação do condutor e do veículo transportador escolar

A pessoa física precisa apresentar documento oficial de identificação, cadastro de pessoas físicas (CPF), carteira de habilitação categoria D ou E, comprovante de inscrição no INSS, certidões negativas de débitos e antecedentes criminais, certificado de registro e licenciamento de veículos (CRLV), entre outros.
Na documentação da pessoa jurídica estão contrato social, comprovação de inscrição no CNPJ e certidões negativas de débitos com a Secretaria de Fazenda e com o INSS e FGTS. O recadastramento dos condutores será feito anualmente.
O veículo para transporte escolar deverá ter CRLV em dia, assim como certidão de nada-consta de débitos e multas, indicação do motorista titular e substituto, além de laudo de inspeção técnica, quando necessário.
Deverá seguir também características físicas, como cinto de segurança em número correspondente ao de passageiros, telefone da ouvidoria do Detran-DF para registro de reclamações, entre outros aspectos.
O protocolo do Detran-DF funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. A ordem de convocação obedecerá às datas em que os requerimentos forem protocolados e às preferências estabelecidas em lei – pessoas com deficiência e idosos.
Cadastro de transportadores escolares
Entregar o requerimento na sede do Detran-DF (SAM, Lote A, Bloco B), próximo ao Palácio do Buriti


A Secretaria de Saúde registrou, desde janeiro deste ano, 23.252 casos suspeitos de dengue – doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti –  no Distrito Federal. Desses, 20.802 (89%) são de moradores de Brasília e 2.450 (11%), originários de outras unidades da Federação.



Os dados estão no Informativo Epidemiológico de Dengue, Chikungunya e Zika nº 42, divulgado pela Saúde nesta quarta-feira (19).
Das 19.580 ocorrências confirmadas, 17.469 estão entre residentes da capital federal e 2.111 referem-se a pacientes de fora do DF, mas diagnosticados pela rede pública local. Com quadro mais complicado, 38 moradores do DF foram notificados com dengue grave e 20 deles morreram.
Entre as regiões administrativas com maior número de registro, os destaques ficaram com Brazlândia (1.939), Ceilândia (1.908), São Sebastião (1.741), Taguatinga (1.454), Planaltina (1.407) e Samambaia (1.372). Essas localidades respondem por 9.821 casos, o que equivale a 56% do total.
Zika vírus e febre chikungunya

O boletim também traz dados do zika vírus — com 962 pessoas notificadas, 814 delas residentes no DF —, e da febre chikungunya — transmitidos pelo Aedes aegypti.
No caso da zika, 194 notificados tiveram a confirmação da presença do vírus. Desses, 173 moram em Brasília. Os diagnósticos ocorreram principalmente com moradores de Taguatinga (31), do Plano Piloto (25), do Guará (12), do Lago Norte (12) e de Águas Claras (9).
Pelo levantamento, 38 gestantes foram diagnosticadas com zika vírus — 24 delas do DF.
No mesmo período, desde janeiro, foram registradas 987 pessoas com a febre chikungunya. Dessas, 842 são moradoras de Brasília (85%). As regiões administrativas com maior ocorrência são Ceilândia (22), Taguatinga (16), Samambaia (15), Gama (13) e Plano Piloto (11).




Iniciativa premia alunos do ensino fundamental, ensino médio e EJA da rede pública de Brasília e oito cidades do entorno

O Auditório Central da Universidade Católica de Brasília será palco, no dia 20 de outubro, da cerimônia de premiação dos vencedores do Concurso Aluno Digital e contará com apresentações musicais. O concurso, que recebeu cerca de 650 trabalhos inscritos com o tema “Seja Digital e não deixe ninguém ficar para trás! A TV brasileira vai ser plenamente digital”, é uma das ações realizadas pela Seja Digital para informar e mobilizar a população da região sobre o desligamento do sinal analógico que irá acontecer em uma semana. A partir de 26 de outubro a programação de TV aberta será transmitida exclusivamente em formato digital na região.

Além do Mamulengo Presepada, que atuará como mestre de cerimônia, o evento contará com a exibição da banda Batuque Serrano com o Samba Enredo da TV Digital – e a apresentação musical de grupos de professores finalistas. Ainda na programação, coquetel e brindes serão oferecidos para todos os finalistas presentes.

A competição ocorreu ao longo dos meses de setembro e outubro no Distrito Federal e em oito cidades do entorno, envolvendo estudantes do ensino fundamental, ensino médio e Educação para Jovens Adultos (EJA) da rede pública. Os participantes concorreram em quatro categorias: desenho, redação, vídeo e composição musical. O objetivo do Aluno Digital foi estimular crianças e adolescentes a apoiarem suas comunidades, informando e orientando de forma didática sobre a mudança do sinal de TV. Os trabalhos finalistas foram divulgados no site da Seja Digital para votação popular, que contou com mais de 13 mil votos populares.

Serviço
Data: 20/10, quinta-feira
Horário: 15h às 17h
Local; Auditório Central da Universidade Católica de Brasília - localizado na QS 7 lt 1 – Águas Claras

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora de Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais TV e RTV) é responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e tem previsão de finalização em 2018, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Brasília, 17/10/2016

No próximo dia 20 de outubro, o Assaí Atacadista, segunda maior rede de atacado do Brasil, inaugura sua 100ª loja no País. A cidade escolhida para receber a unidade foi Aracaju, capital do Sergipe. Aliado a esse marco, a rede também registra o maior crescimento de sua história, reportando um aumento de 45,7% nas vendas líquidas no terceiro trimestre de 2016, na comparação com o mesmo período do ano passado. No ano, o Assaí já acumula um crescimento de 39,8%.

São dois os principais pilares que sustentam o crescimento do Assaí nos últimos anos. O primeiro deles é a reestruturação do formato de loja, que vem acontecendo desde 2012 com o objetivo de desenvolver um modelo de negócio ainda mais assertivo para seus públicos-alvo e atrativo para novos clientes. O segundo pilar é a expansão orgânica: desde que teve início o investimento para o aumento da presença da rede no País, já foram inauguradas 85 lojas em 13 Estados, mais o Distrito Federal – em 2007, quando a rede passou a fazer parte do GPA, o Assaí contava com 14 lojas e tinha unidades apenas em São Paulo.


Como resultado disso, o Assaí apresentou crescimento de 200% nos últimos quatro anos e, este ano, passou a ser o formato de negócio com maior participação dentro do segmento de varejo alimentar do GPA, com 37%, ultrapassando os hipermercados. “A 100ª loja do Assaí representa a força da nossa expansão e do nosso crescimento. Hoje, o Assaí está presente em todas as regiões do País. Chegar a 100 lojas com um crescimento tão expressivo reafirma a força do Assaí no mercado, bem como a sua posição de destaque, como um dos líderes do segmento de atacado no Brasil”, diz Belmiro Gomes, Presidente do Assaí Atacadista.

Brasília, 17/10/2016

Comunidades terapêuticas de todo o Brasil se mobilizarão na Câmara dos Deputados, dia 18, às 19h (galeria do plenário), onde a Frente Parlamentar de Apoio às Comunidades Terapêuticas estará propondo novos encaminhamentos.

As Comunidades lutam pelo reconhecimento dos trabalhos que prestam aos dependentes químicos e alcoólicos. Elas buscam legislação específica que garanta a continuidade dos serviços com segurança, respeito e credibilidade.

Uma das propostas envolve a Lei 11.343 que dispõe sobre o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (SISNAD), as condições de atenção aos usuários ou dependentes de drogas e o financiamento das políticas sobre drogas.


Grupos de AA, NA, Amor Exigente, Comunidades Terapêuticas, famílias, dependentes recuperados em Comunidades Terapêuticas, Igrejas, Grupos de Apoio, Pastoral da Sobriedade, Movimentos de rua, todos os envolvidos direta ou indiretamente com o tema das drogas estarão presentes a audiência.
Tecnologia do Blogger.